segunda-feira, 24 de maio de 2010

PÁGINA DE FÉ

Alma cansada e triste, alma sincera,
Se a dor por noite em lágrimas te alcança,
Acende em prece o lume da esperança,
Onde o grilhão da mágoa te encarcera!
Ante a sombra que assalta, esfera a esfera,
Se surge a ofensa por sinistra lança,
Na tormenta do mal que investe e avança,
Perdoa, silencia, ajuda, espera!...


( Imagem de autoria desconhecida )

Esquecida na cela da amargura,
Não te revoltes contra a senda escura,
Ergue-te e serve, embora torturada...
Luta, chora, padece, mas confia,
Das trevas nasce a bênção de outro dia,
Nas promessas de nova madrugada!...
AUTA DE SOUZA
( Psicografia de Francisco Cândido Xavier )

3 comentários:

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

Um poema que me sensibiliza o coração, Rose, sempre que leio!
Crer nessas palavras me faz buscar a perseverar, apesar das grandes limitações pessoais.
Beijo de carinho,
Benja.

soninha. disse...

Auta de Souza é ímpar!bjs

Marilac disse...

Rose,
Essas palavras inspiram e confortam!
Nas nossas lutas diárias como é importante acender o lume da esperança.

Bjs
Marilac

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...